terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Aquilo que nunca existiu! - Maristela O. Santana 8ª C

Meu olhar viaja na minha memória...
Meu coração, sente um aperto
Sabe aquela saudade de nada que existiu?
Então, eu sinto ela.

Da família unida, das festas de aniversário
dos beijos roubados, dos abraços apertados,
dos brinquedos de criança, das gargalhadas.

Meu coração pede tudo isso de volta
Isso o que?
Esse ISSO que nunca existiu!
Mas que me dá uma imensa saudade.

Será que se o tempo voltasse,
Isso tudo aconteceria?
Talvez sim ou talvez não.

Como o tempo não volta
fico viajando em um mar de sonhos,
de tudo aquilo que poderia ter acontecido
mas talvez não estivesse escrito
no DESTINO.

Maristela O. Santana - 8ª C

Nenhum comentário: