terça-feira, 9 de novembro de 2010

COR - cores quentes, frias e complementares

A cor é uma percepção visual provocada pela ação de um feixe de fotons sobre células especializadas da retina, que transmitem através de informação pré-processada no nervo óptico, impressões para o sistema nervoso.
A cor de um material é determinada pelas médias de frequência dos pacotes de onda que as suas moléculas constituintes refletem. Um objeto terá determinada cor se não absorver justamente os raios correspondentes à frequência daquela cor.
Assim, um objeto é vermelho se absorve preferencialmente as frequências fora do vermelho.
A cor é relacionada com os diferentes comprimento de onda do espectro eletromagnético. São percebidas pelas pessoas, em faixa específica (zona do visível), e por alguns animais através dos órgãos de visão, como uma sensação que nos permite diferenciar os objetos do espaço com maior precisão.
Considerando as cores como luz, a cor branca resulta da sobreposição de todas as cores primárias(amarelo, azul, verde e vermelho), enquanto o preto é a ausência de luz. Uma luz branca pode ser decomposta em todas as cores (o espectro) por meio de um prisma. Na natureza, esta decomposição origina um arco-íris.

CORES QUENTES
As cores quentes tendem para o amarelo, e suas matizes com os alaranjados e avermelhados. As cores quentes estimulam a circulação do observador, causando um ligeiro aumento na temperatura do corpo. O amarelo é uma cor alegre, é a cor do verão; o vermelho é o sangue, é vida.

CORES FRIAS
As cores frias tendem para o azul, e as matizes entre o verde, azul e violeta. Ao contrário das cores quentes, diminuem a circulação do observador, causando uma ligeira queda na temperatura do corpo. O azul é a calma, a harmonia, a paz, mas também a tristeza e melancolia.

CORES COMPLEMENTARES
“A cor do complemento de onda dominante que o matiz absorve é a sua complementar”. É a cor “negativa”” de qualquer cor, como os negativos de fotografia. É a que forma o verdadeiro contraste. Quando uma cor é colocada lado a lado com sua complementar, elas se intensificam pelo contraste simultâneo. No círculo cromático a cor complementar é a que está “diametralmente oposta”, isto é, traçando um diâmetro é a que está do lado oposto. Quando você quiser chamar a atenção, use uma roupa que tenha estampa com cores complementares. Do mesmo modo, como o positivo e o negativo, o branco e o preto também são complementares. Os opostos se completam.

O que é um Círculo Cromático?
Representação das cores através de um círculo onde são dispostas as variações do espectro visível pelo olho humano. Representa também as relações entre cores primárias, secundárias e terciárias, de acordo com as teorias da cor.
 fonte: http://jurema-sampaio.pro.br/strani_felicita/terciarias.htm



O que é a estrela das cores?




"cada cor é um universo em si "

Johannes Itten (1888-1967) nasceu na Suíça. Em 1909 começou a estudar arte na Escola Superior de Belas Artes em Genebra. Itten foi um dos primeiros a receber o convite para dar aulas na Bauhaus. Criou um curso com o nome de Vorkus, cujo objetivo, era libertar o poder criativo e individual do aluno. Iniciava suas aulas com exercícios de ginástica e respiratórios para descontrair e relaxar os estudantes. Em 1926, fundou sua própria escola em Berlim, seus alunos eram arquitetos, fotógrafos e pintores. Lecionou também na Krefeld Escola de Design Têxtil até 1938, quando mudou-se para a Holanda.



J
ohannes é o autor do disco de cores, que ainda hoje permite descobrir combinações harmoniosas,os sete contrastes da cor.



Um comentário:

Ju Sampaio disse...

Material usado sem autorização.
Este gráfico do disco/círculo cromático é de minha autoria e propriedade e faz parte da apostila sobre teoria das cores que escrevi para minhas aulas, em 1999!
Favor citar o crédito corretamente, ou remover. Possuo os originais e o registro do material.
Att.
Profa. Dra. Jurema Sampaio - http://jurema-sampaio.pro.br/strani_felicita/terciarias.htm